Hoje é Dia Mundial da Internet…

Hoje, dia 17 de maio, é celebrado o Dia Mundial da Internet e a Norton, da Symantec, comemora a data e alerta para a segurança dos equipamentos conectados à rede, sejam eles desktops, laptops ou dispositivos móveis. O brasileiro passa em média 30 horas semanais conectados, número superior ao global, que é de 24 horas, segundo dados do Norton Cybercrime Report 2011. Paralelamente, 39% dos entrevistados no País diz que precisa da Internet para realizar as suas atividades diárias e 44% perderiam o contato com os seus amigos sem as redes sociais, ou seja, utilizam a Internet para manter e resgatar seus contatos.

Somado a este contexto, a popularização dos celulares e tablets também contribui para a amplitude do acesso e compartilhamento dos conteúdos online. O Brasil já ultrapassou a barreira de mais de 250 milhões de aparelhos móveis, isto é, em média, cada brasileiro possui mais de 1 equipamento. E, assim, como a Internet está em qualquer lugar, as ameaças virtuais também estão por toda a parte e de diversas formas. A mais comum é o roubo de dados pessoais, com 28%, seguida pelo mapeamento/rastreamento do usuário com 25%, dados do último estudo da Symantec Internet Security Threat Report, volume 17.

O número de armadilhas móveis difundidas por hackers aumentou drasticamente em um ano: de 163, em 2010, para 315, em 2011. Porém, diante dessas incursões maliciosas, apenas 14% dos aparelhos estão imunizados com aplicativos de segurança, sendo que 36% dos usuários de plataforma móveis acessam a Internet pelo aparelho, ou seja, mais suscetíveis aos perigos virtuais.

“A Internet abriu possibilidades para que as pessoas se mantenham informadas e conectada, além de facilitar o dia a dia. Porém, infelizmente, também abriu precedentes para que cybercriminosos atuem de formas variadas com a finalidade de roubar dados, senhas, documentos e fotos”, ressalta a especialista em comportamento digital da Norton, Juliana Nemer.

Veja a seguir 10 dicas para que o usuário tenha mais segurança na vida online:

1. Instale um software de segurança original;
2. Fique atento as atualizações/patches da solução;
3. Não clique em links suspeitos e mensagem/e-mails de remetentes desconhecidos;
4. Use sempre o bom senso ao navegar na internet, desconfiando de ofertas tentadoras demais;
5. Ao visitar um site, digite o endereço diretamente no navegador;
6. Somente forneça informações pessoais em sites que tenham “https” no endereço da Web ou um ícone de cadeado na parte inferior do navegador;
7. Não forneça informações pessoais a nenhuma solicitação não requisitada;
8. Fique atento à procedência dos aplicativos móveis, prefira baixar aqueles das lojas oficiais (Android Market e App Store, por exemplo);
9. Fuja da conexão ponto a ponto ou redes clandestinas;
10. Leia sempre as letras miúdas ao baixar um App.

Fonte: Techlider

Share
Esta entrada foi publicada em Internet. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta