Receita do e-commerce deve chegar a US$ 327 bilhões em 2016 nos EUA

O varejo online norte-americano deve faturar US$ 327 bilhões em 2016, o que representa um crescimento de 45% em relação aos US$ 226 bilhões previstos para 2012 e 62% quando comparado aos US$ 202 bilhões registrados em 2011, segundo uma estimativa publicada nesta terça-feira pela Forrester Research. O valor é superior a receita prevista para todo o continente europeu em 2016, US$ 230,4 bilhões.

Em cinco anos, o e-commerce deve representar 9% das vendas do varejo nos EUA, acima dos 7% registrados em 2011 e previstos para 2012. A taxa de crescimento médio será de 10,1% ao ano.

Segundo Sucharita Mulpuru, analista de comércio eletrônico da Forrester Research, os melhores serviços à disposição do consumidor foram um dos grandes responsáveis pelo aumento das vendas deste comércio.

Mulpuru cinta como exemplo melhorias implementadas por empresas do segmento de vestuário e joias, que ao oferecer recursos como zoom e configurações avançadas para customização tornou mais convidativo o comércio em plataformas online.

O aumento da base de e-consumidores também será responsável pelo crescimento das vendas no e-commerce. A Forrester prevê que cerca de 192 milhões de consumidores norte-americanos devem adquirir ao menos um produto pela internet em 2016, número 15% superior ao esperado para 2012.

Ainda assim, o aumento do gasto médio por consumidor será o principal fator de alavanca deste comércio, saltando dos US$ 1.207 previstos para 2012 para 1.738 dólares em 2016, o que representa um crescimento de 44% no período.

Fonte: E-Commerce News

Share
Esta entrada foi publicada em Internet. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + oito =