Google venderá óculos conectado à Internet

O futurístico par de óculos que o Google desenvolve em seu laboratório será colocado à venda no fim deste ano, segundo pessoas familiares ao assunto ouvidas pelo New York Times. O acessório (ou aparelho) dará ao usuário o poder de monitorar ambientes em tempo real. De acordo com a reportagem, ele virá com uma câmera de baixa resolução capaz de exibir informações sobre locais, edifícios e amigos que estejam nas redondezas.

O equipamento teria o custo próximo ao de um smartphone (entre US$ 250 e US$ 600) e seria baseado no sistema operacional Android, plataforma desenvolvida pelo Google presente em metade dos smartphones do mundo. Assim como os celulares inteligentes, é provável que os óculos acessem à internet por meio de conexão 3G ou 4G e venha com GPS.

O NYT diz que os óculos enviarão dados à nuvem e usarão recursos como Google Latitude para informar posição geográfica, Google Goggles para pesquisar imagens e Google Maps para o usuário ver o que está ao seu redor.

Por enquanto, o Google encara os óculos como um experimento a que qualquer pessoa por ter acesso, segundo as pessoas entrevistadas pelo jornal. Se os consumidores aprovarem, aí sim a empresa pensará em lucrar com o invento, segundo o NYT.

Rumores, que surgiram em dezembro com o blog de tecnologia 9to5Mac, indicam que os óculos do Google se parecem com o Oakley Thump no quesito design.  Nenhuma palavra ainda sobre onde o aparelho será vendido.

A imprensa americana já deu ao acessório o apelido de “Terminator”, em referência ao protagonista do filme O Exterminador do Futuro.

Fonte: Link

Share
Esta entrada foi publicada em Internet. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 10 =