Pesquisa revela utilização do M-Commerce pelos principais varejistas dos EUA

As oportunidades apresentadas pelo m-commerce parecem ter sido captadas pelos “pesos pesados” do varejo. De 25 marcas conhecidas e líderes em m-commerce consultadas, todas já dispõem de sites de comércio móvel, como revelado em novo estudo. Entretanto, apenas 12% oferecem aplicativos para iPhone ou Android.

A fornecedora de tecnologia multicanais CrossView selecionou 25 top varejistas, dentre eles a Abercrombie & Fitch, Best Buy Coach Dick’s Sporting Goods, Foot Locker, PetSmart, Polo Ralph Lauren, Toys ‘R’ Us e a  Urban Outfitters. Foram então estudados os sites e aplicativos móveis destas empresas analisando 30 características e funções, como ler opiniões dos clientes, verificar a disponibilidade de produtos, acesso a programas de fidelidade e uso de tecnologia GPS para localizar lojas.

As características que estiveram presentes em todos os 25 sites ou aplicações de m-commerce consultadas foram o nome do produto, sua descrição, preço e capacidade de concluir compras. Já o conteúdo é mais variado. 88% dos sites permitem aos consumidores compartilhar informações de produtos via mídias sociais, 100% fornecem GPS para localizar lojas. 88% permitem a criação de contas de clientes, 80% oferecem monitoramento de pedidos de compra após a venda, 80% oferecem a possibilidade de criar uma lista de dados. 56% têm programas de fidelidade para os clientes e 40% estimam os custos do frete após adicionar um produto no carrinho de compras.

“Além de constituir em seu próprio um canal de vendas, o m-commerce pode também influenciar vendas via outras plataformas. Esta é uma área onde muitos dos grandes varejistas podem se sair melhor”, afirmou Jason Goldberg, vice presidente de estratégias e experiências do consumido da CrossView.

“A maioria dos sites otimizados para os dispositivos móveis tem função importante na ajuda aos consumidores que futuramente venham a fazer compras em lojas físicas de varejo”, afirmou Goldberg. “Devem ser integrados aplicativos móveis para que se integrem a uma plataforma de vendas multicanal.”

Quanto a recursos que podem adicionar valor em uma loja online, 60% oferecem ranqueamento e opiniões sobre os produtos, 44% mostram a disponibilidade online dos estoques em suas lojas.

Fonte: E-Commerce News

Share
Esta entrada foi publicada em Internet. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


× quatro = 16

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>