Buscas no Yahoo despencam 13% nos EUA

As buscas no Yahoo por usuários norte-americanos caiu 13% no último mês, baixando dos 3,79 bilhões obtidos em maio para chegar a 3,28 bilhões em junho, de acordo com dados da comScore. Mesmo com a queda, o site manteve-se na segunda colocação no ranking de pesquisas de núcleo nos Estados Unidos.

Os motores da Microsoft (incluindo o Bing) se mantiveram bastante abaixo do Yahoo na terceira colocação com cerca de 2,65 bilhões de buscas, mas tiveram um crescimento de 5%. O Google segue estável em primeiro, com 12,2 bilhões de buscas. Já as buscas totais apresentaram um declínio de 3%, caindo de 19,27 bi para 18,72 bi.

Quanto a participação nas buscas totais, o Google ampliou sua fatia na liderança em 2%, e agora abocanha 64,5% do mercado. Yahoo vem em segundo, mas em queda de 11%, e ficou 17,5% do total. A Microsoft teve um aumento de cerca de 8% em sua participação, que subiu de 13,1% para 14,1%.

Além da queda nas buscas atingirem quatro das cinco primeiras colocadas americanas, declinando 2% no geral, as buscas explícitas também caíram como um todo. O líder Google perdeu 2% e viu seus resultados caírem para 10,95 bilhões, e o Yahoo caiu o mesmo percentual para chegar a 2,65 bilhões.

Ask Network e AOL, quarto e quinto colocados, também tiveram quedas, de 5% e 6% respectivamente, enquanto que a Microsoft ficou praticamente estável com 2,4 bilhões. O Google domina o mercado com uma fatia de 65,5%.

Em julho, 67,6% das buscas carregaram resultados orgânicos do Google (pequena queda em relação aos 67,8% de maio) enquanto 26,6% das buscas foram alimentadas pelo Bing (inclui-se aqui as realizadas via Yahoo).

Olhando para o total de buscas em junho de 2010, o Google leva 62,2% do total das pesquisas, um aumento de 3% em sua participação. A Microsoft também cresceu e atingiu 12,7%. Ambas cresceram em boa parte devido à queda na participação do Yahoo, que caiu 8% e chegou a 18,9%.

Em relação ao total de buscas, a Microsoft cresceu 14% e chegou a 2,1 bilhões. Google obteve resultado ainda melhor, saltando 17% para chegar a 10,8% das buscas. O Yahoo apresentou crescimento de 6% e alcançou 3,1 bilhões.

Fonte: E-Commerce News

Share
Esta entrada foi publicada em Internet. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta