E-mail ainda não morreu

Pesquisa encomendada pela Microsoft mostrou que 96% dos entrevistados esperam que comunicação por e-mail no trabalho continue a mesma

Um estudo encomendado pela Microsoft e realizado pela MarketTools com 1.268 profissionais e estudantes com 18 anos de idade ou mais mostrou que 96% (incluído 92% de 18-24 anos) esperam que sua comunicação por e-mail no local de trabalho continue a mesma ou cresça ao longo dos próximos cinco anos.

A pesquisa ainda mostrou que o e-mail é o meio mais eficaz de comunicação no trabalho – sendo mais usado, ou equiparado, com reuniões e mensagens instantâneas – de acordo com 53% dos entrevistados.

O estudo ainda mostrou que 35% dos entrevistados acham que a mídia social é uma maneira efetiva de comunicação com colegas, clientes e fornecedores; enquanto 25% (e 37% daqueles entre 18 – 24 anos) afirmaram que a mídia social os ajudou a construir um relacionamento com colegas de trabalho.

A Microsoft usou os resultados da pesquisa de mercado para discutir se e-mails em geral e o Microsoft Outlook em particular continuam relevantes na era da mídia social.
A empresa não tenta minimizar a comunicação social como sugere o contexto. Como produto, a Microsoft deseja usar a mídia social com ferramentas como o Social Connector para Outlook, bem como a integração SharePoint para colaboração dentro da empresa.

O Social Connector para Outlook permite aos usuários realizar o registro de suas contas de mídia social, podendo assim responder diretamente às mensagens usando a interface do Outlook. A Microsoft reúne a interação social com a funcionalidade do calendário integrado ao Outlook. O conector fornece links para o Facebook, LinkedIn, Microsoft Messenger, e o Viadeo , um competidor do LinkedIn que é muito popular na Europa. Juntamente com as ferramentas de comunicação unificadas da Microsoft, o Outlook também fornece uma única caixa de entrada que inclui outras maneiras de comunicação, como o voicemail.

A estratégia de usar o Outlook como foco para comunicação social e colaboração também é usada por fornecedores terceirizados, como o Harmon.ie.

A pesquisa demonstrou que mais de 55% (68% entre 18-24 anos) disseram que gostariam de uma ferramenta que juntasse e-mail, mídia social e voicemail em uma única caixa de entrada.

Em uma postagem de blog, Takeshi Numoto, vice-presidente corporativo pra o Office declarou:

“Todos os dia temos evidências de que o e-mail continua de suma importância para a comunicação. O debate agora não é como usaremos o e-mail no futuro, e sim qual a melhor ferramenta para certo tipo de conversação. Se preciso de uma resposta rápida de um cliente ou colega, mando uma mensagem de texto. Se quero compartilhar algo com várias pessoas, uso minha conta do Facebook. Se quero mandar uma mensagem mais longa, ou preciso de uma cópia da conversação, o e-mail provê isso”.

Fonte: Techlider

Share
Esta entrada foi publicada em Internet. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta