32 milhões de brasileiros trocam mídia tradicional pela internet

São Paulo – A oitava edição da pesquisa F/Radar, feita pela F/Nazca em parceria com o Datafolha, quantificou a emancipação virtual dos conteúdos das chamadas mídias broadcast.

O rádio lidera a lista: 25% dos internautas têm o hábito de ouvir algum programa radiofônico no meio digital em vez de consumi-lo da maneira convencional.

No caso da TV e do cinema, o percentual cai para 21 e 20%, respectivamente. A prática é mais recorrente entre 12 a 34 anos.

O fenômeno pode estar entre os motivos da queda de 16% na audiência do rádio e 10% da TV entre 2005 e 2010. “Na medida em que se consolida a tendência de livre descolamento dos conteúdos das plataformas tradicionais, aumenta a urgência pela definição de modelos eficazes de inserção e remuneração publicitária na internet”, aponta José Augusto Porto, diretor nacional de planejamento da F/Nazca.

A agência realiza a pesquisa F/Radar semestralmente desde o início de 2007. No levantamento de novembro de 2010 foram feitas 2.203 entrevistas em 146 municípios brasileiros.

A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, dentro de um nível de confiança de 95%. O desenho amostral foi elaborado com base em informações do Censo 2000 e estimativas 2009 do IBGE. Veja a pesquisa.

Fonte: Exame.com

Share
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta